envie-nos um e-mail

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 
 
 
Bodas de Ouro

 

Introdução:

1. Sem dúvida alguma é inspirador unir em casamento dois jovens, cheios de amor, de sonhos e ideais para palmilharem a estrada da vida de mãos dadas e corações unidos.

2. Porém, sinto-me muito mais emocionado e grato a Deus pela oportunidade de celebrar este culto de Ação de Graças comemorativo das bodas de ouro desse estimado casal de nossa igreja.

3. Queridos irmãos, o dia de hoje é vosso, mas a alegria, felicidade e satisfação, também são experimentadas por nós...

4. Há 50 anos adentrastes os portais de uma igreja para vos unirdes pelos laços matrimoniais, e durante todo este longo tempo vivestes, como é notório, cultivando em vosso lar a paz, a bondade, o amor e a piedade cristã...

5. Gasta-se apenas alguns minutos para realizar um casamento, mas espera-se meio século para se realizar um casamento de ouro...

6. Por isso vós e vossos queridos estão aqui hoje para elevarem os corações a Deus, numa prece de louvor e gratidão por esses maravilhosos e abençoados anos vividos juntos...

I. Cento e vinte e sete anos atrás, Napoleão III, da França, sobrinho de Napoleão Bonaparte, enamorou-se de Maria de Montijo, condessa de Teba, a mulher mais bonita do mundo, e desposou-a....

A. Seus conselheiros fizeram-no ver que ela era filha de um insignificante conde espanhol..

1. Mas Napoleão replicou: "Que tem isso?"

2. Sua graça, sua beleza, seu encanto, sua mocidade encheram-no de uma divina felicidade...

3. Num discurso pronunciado do trono, Napoleão desafiou uma nação inteira. dizendo:
a. "Preferi uma mulher que eu amo e respeito, a uma mulher desconhecida para mim".

4. Napoleão e sua noiva tinham saúde, riqueza, poder, fama, beleza, amor, adoração - todos os requisitos para um romance perfeito...

5. Nunca o fogo sagrado de um casamento ardeu com uma incandescência mais brilhante...

6. Mas, oh!, a chama santa logo feneceu e a incandescência esfriou – e foi tudo reduzido a cinzas...

7. Napoleão pôde fazer de Maria uma imperatriz, mas nada em toda a bela França, nem todo o poder de seu amor, nem o poder de seu trono, puderam fazê-los felizes...

B. Lincoln, no tempo em que era advogado, realizava longas viagens recusando voltar ao seu lar quando outros colegas o faziam, pelas amarguras de sua vida conjugal...

1. E esses problemas continuaram até sua morte...

2. Leon Tolstoi, pensador e novelista russo de grande talento, contraiu matrimônio e teve 13 filhos.
a. Mas, não foi feliz em seu lar...
b. Seu diário íntimo reflete a angustiosa tragédia de seu casamento...

3. E assim os exemplos poderiam multiplicar-se...

II. Sim, o casamento pode ser a mais feliz, ou a mais medíocre e infeliz das experiências da vida...

A. Deus criou os sexos opostos para se complementarem...

1. Ele quis que o homem e a mulher se unissem em matrimônio de modo que cada um pudesse dar ao outro aquilo que falta...

2. Mas essas diferenças, que podem complementar e ligar duas pessoas, podem também produzir incompatibilidades que dividem e trazem separação em vez de unidade...

3. O casamento é muitas vezes considerado como algo que se desenvolve naturalmente.
a. Mas a prova de que não se trata de uma relação instintiva está na grande infelicidade em que vivem tantos casais...
b. O alto índice de divórcios no mundo de hoje é evidência de muita infelicidade conjugal...

4. Nem tudo acontece de maneira perfeita e maravilhosa no casamento como indicam os filmes românticos de Hollywood...
a. Amar e viver com seu cônjuge exige determinação e prática diária.. .
b. Exige a entrega de si mesmo ao bem-estar do outro...

B. Uma vez que Deus criou o homem e a mulher um para o outro, segue-se que a melhor orientação para o casamento se encontra na Bíblia...

1. Deus planejou o matrimônio para o bem do homem...
a. Ler Gên. 2:18, 23, 24...

2. O homem foi a única criatura que Deus criou sozinho no jardim...
a. Todos os animais foram feitos macho e fêmea...
b. Todavia, os seres humanos foram criados à imagem de Deus, portanto era um ser diferente dos outros seres criados...
c. Logo, um simples parceiro não era suficiente para as necessidades emocionais e espirituais do homem.

3. Foi por esta razão que Deus planejou que o homem e a mulher fossem bem mais do que parceiros - que fossem AUXILIADORES...
a. NISSO É QUE ESTÁ O SEGREDO DE UM CASAMENTO FELIZ...
b. Para que um homem encontre a felicidade no casamento, ele e a esposa precisam cooperar para que as suas diferenças mentais, espirituais, emocionais e físicas se unam num relacionamento harmonioso...

III. O casal começa a vida conjugal com um amor profundo...

A. Por causa de suas diferenças naturais, que aos poucos vão se tornar mais e mais evidentes, entram conflitos em seu relacionamento...

1. Se eles não aprenderem a resolver esses conflitos, seu amor será substituído por hostilidade e animosidade, reduzindo suas possibilidades de um casamento feliz...

2. O Dr. de Haan, professor de Bíblia e médico, certa vez disse o seguinte:
a. "A coisa mais próxima do Céu na terra é a família cristã e o lar em que marido e esposa, pais e filhos, vivam juntos em amor e paz para com o Senhor e uns para com os outros...
b. "A coisa mais próxima do inferno na terra é um lar sem Deus, quebrado pelo pecado, em que os pais vivem em discórdia e acabam separando-se e os filhos são abandonados nas mãos do diabo e de todas as forças da impiedade..."

B. Uma das causas mais comuns de distúrbio emocional em nossos dias é o lar desunido

1. Em vez dos pais experimentarem um amor que contribua para a segurança da família, o que os filhos mais freqüentemente vêem e sentem são os traumas da hostilidade, do ódio e da animosidade nas duas pessoas que eles mais amam: seu pai e sua mãe...
a. Essa hostilidade produz insegurança emocional nos filhos e fobias que os acompanharão por toda a vida...

2. O plano de Deus para a vida do lar é diferente dessa experiência geral...
a. Ele deseja que o lar seja um abrigo de amor, em que marido, mulher e filhos vivam num clima de segurança e aceitação...
b. Com as agitações e a violência fora do lar, cada um de nós precisa de algum lugar na vida em que seja cercado de paz e amor...
c. Deus estabeleceu o lar para ser esse lugar de segurança emocional.

3. Toda pessoa que se casa deseja essa espécie de lar, mas um lar feliz não é obra do acaso...

4. É o resultado de duas coisas:
a. A adaptação adequada de um ao outro;
b. A incorporação na vida diária dos princípios do casamento, os quais foram estabelecidos por Deus na Bíblia...

Conclusão:

1. Por certo, em vosso lar, irmãos, tendes atendido a esses dois pontos...

2. Num mundo onde grande porcentagem de lares são esfacelados, é raríssimo celebrarmos o que estamos celebrando hoje...

3. Mas graças ao bom Deus ainda existem lares abençoados e piedosos.. .

4. Cônjuges que sabem adaptar-se um ao outro e incorporar na vida diária os princípios que Deus estabeleceu para esta relação...

5. Cumpre a nós, como casais mais novos, ou futuros casais, procurarmos fazer o mesmo...

6. E sempre lembrarmos que um lar feliz não é obra do acaso...

7. Mas o resultado de uma adaptação adequada de um ao outro, e da incorporação na vida diária dos verdadeiros princípios do casamento, os quais foram estabelecidos por Deus em Sua Palavra...

8. Aqui se encontram, amados irmãos, os vossos parentes prestando-vos esta homenagem, que é um preito de gratidão e reconhecimento por tudo aquilo que fizestes por eles em vossa feliz e abençoada...

9. Vossos familiares e amigos unem-se a vós para agradecer a Deus, nosso amoroso Pai, por vos ter dado a bênção de estardes hoje comemorando as vossas bodas de ouro.

10. Antes de finalizar, ainda queremos rogar a Deus que vos conserve fiéis, que vos cumule de Suas maravilhosas bênçãos, dando-vos ainda muitos dias abençoados e felizes e depois vos galardoe, com a vida mais abundante nas mansões dos salvos...

Observação: Este sermão pode ser usado para outro tipo de "bodas", bastando apenas que se faça uma adaptação das expressões: "bodas de ouro" e "50 anos"...

 

 
 
envie-nos um e-mail envie-nos um e-mail envie-nos um e-mail envie-nos um e-mail

 

S